Pular para conteúdo

Notícias

07 setembro 2017

GRANDE COLETA 2017


A solidariedade que transforma 

Estamos vivendo um momento crucial da humanidade, com um sistema de valores e crenças baseado na opressão, na discriminação, na exclusão e na centralidade do “ter” sobre o “ser”!

No capitalismo planeta (seres humanos, bichos, rios, solo, montanhas, plantas...) é considerado como coisas, mercadorias que devem ser racionalmente negociadas no mercado, gerando cada vez mais lucro e acumulação. Valoriza-se e promove-se a competição, a disputa e a apropriação de recursos, gerando a destruição e morte da dignidade humana e da harmonia universal. 

Em contraposição a isso tudo, as práticas solidárias são inspiradas por valores culturais e religiosos que colocam o cuidado com a casa comum, com a vida em todas as suas dimensões, com a pessoa humana e suas coletividades, como sujeitos e finalidade da atividade econômica, cultural e política.

Com esta perspectiva de sociedade nascemos em 1970 como Movimento de Emaús: uma república de meninas, meninos e jovens, pautada na solidariedade como caminho de transformação.

 Nascemos para sermos cuidados e cuidadores, e aprendermos cada vez mais a dimensão do verbo AMAR. Não como um sentimento melancólico, mas como uma exigência de ação. Não tão somente contemplação, ou falsa caridade.

Procuramos viver a solidariedade com crianças e jovens: os invisíveis na sociedade, excluídos e esquecidos, explorados e violentados.

Essa força interior inspirada em princípios cristãos foi traduzindo-se:

  • no compromisso de contribuir na construção de uma nova sociedade,
  • na experiência concreta de resgatar dignidade perdida,
  • na luta por justiça,
  • no combate a todo tipo de violência,
  • na valorização de nossa cultura amazônica,
  • na formação do ser humano em sua integralidade,
  • no exercício participativo e democrático,
  • no respeito da nossa casa comum,
  • no engajamento com outras forças vivas da sociedade!

 Não seremos vencidos pelo medo, diante de tanta violência que ceifa vidas de nossas crianças e jovens.

Não perderemos a esperança diante de tanto descaso e abandono!

Faça você também parte deste mutirão pela dignidade e pela vida!

Continuaremos, juntos, acreditando em nosso sonho: crianças e jovens felizes um mundo de Paz, sempre trilhando o caminho da solidariedade: da solidariedade que transforma.



  • Banco do Brasil
  • Caixa
  • CDP
  • ICCO
  • Prodepa
  • cosanpa
  • Celpa