Pular para conteúdo

Projetos


EDUCANDO PELA ARTE – Na República do Pequeno Vendedor - RPV

O Arte Educação tem como princípio a arte para resgatar crianças e adolescentes em situação de risco e ajudar as famílias a enfrentar o desafio da geração de renda sem empurrar os filhos para o trabalho. Todo o trabalho tem foco também na defesa de direitos, resgate e fortalecimento da identidade, autonomia, solidariedade e criatividade.

Os educadores vão pelas ruas do bairro convidando a criança e/ou adolescente a participar das atividades como teatro, esporte,capoeira, violão, violino, percussão, artes plásticas e circenses. As famílias também participam, sendo visitadas pelos educadores e participando de oficinas de costura básica e avançada, reciclagem, embelezamento e estética, entre outras.

 MÚSICA E CIDADANIA – Na República do Pequeno Vendedor - RPV

Em parceria com a Fundação Carlos Gomes são desenvolvidas atividades de  musicalização, com aprendizagem de violino, viola, violão e teclado. Conta-se ainda com a parceria da Escola de Teatro e dança da Universidade Federal do Pará.

Atividades como dança, capoeira, esporte, percussão fazem o quotidiano do processo de socialização, resgatando auto-estima, consciência crítica e outros valores fundamentais para o desenvolvimento da cidadania.

ESPAÇO PEDAGÓGICO – Na República do Pequeno Vendedor - RPV

Está sendo organizada uma biblioteca, com acervo diversificado na área dos direitos da criança, literatura infanto-juvenil e livros didáticos para estimular a leitura como fonte para despertar sonhos e conhecimentos.

PROGRAMA ADOLESCENTE APRENDIZ – No Centro de Promoção ao Trabalho - CPT

Por meio de convênios com empresas privadas, jovens são encaminhados para estágios, com base na Lei do Adolescente Aprendiz. Atualmente, mais de 100 adolescentes estão estagiando em várias empresas da Região Metropolitana de Belém. Pela lei, eles trabalham em um período e estudam em outro, além de terem todos seus direitos trabalhistas assegurados. Eles ficam nas empresas de segunda a quinta-feira e às sextas-feiras  participam de aulas teóricas de cidadania, direitos civis, direito à participação e preparação para o “mundo do trabalho”.

PROGRAMA DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL - No Centro de Defesa da Criança e do Adolescente - CEDECA

Este programa tem como principal foco intervir junto às situações de violações dos direitos de crianças e adolescentes, principalmente quando estas violações decorram de ações ou omissões de agentes do Estado.

Em 2015 foram70 casos de violência contra crianças e adolescentes, com ações penais, cíveis e administrativas.

PROGRAMA DE PROTEÇÃO A CRIANÇAS E ADOLESCENTES AMEAÇADOS DE MORTE – PPCAAM - No Centro de Defesa da Criança e do Adolescente - CEDECA

O Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte – PPCAAM vem sendo executado no Estado do Pará desde Junho/2008 pelo Movimento República de Emaús – MRE - Centro de Defesa da Criança e do Adolescente – CEDECA-EMAÚS, por meio de convênios firmados com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos – SEJUDH.



  • Banco do Brasil
  • Caixa
  • CDP
  • ICCO
  • Prodepa
  • cosanpa
  • Celpa